Huitzilopochtli

Este deus asteca era filho de Coatlicue ("a da saia de serpente"). O seu nome significa "O Colibri Azul à Esquerda" e era o deus da guerra, das tempestades e do sol. A sua mãe estava a executar trabalhos sagrados na Montanha da Serpente, perto da cidade de Tula, e quando lhe caiu um tufo de penas de tentilhão em cima ficou à espera de um filho. A sua filha Coiolxauhqui e os seus outros quatrocentos filhos (Centzon- Huitznauhas) revoltaram-se e decidiram reunir um exército para a combater. Mas Huitzipochtli nasceu e cresceu imediatamente, protegendo-se dos pés à cabeça com uma armadura azul. Atacou a sua irmã com um cetro ardente em forma de serpente, cortando-a em pedaços e matou os restantes irmãos. Foi desta maneira que se tornou o chefe dos astecas e lhes forneceu uma série de sinais que indicariam o sítio em que deviam fundar a sua cidade.
Este deus costuma ser representado todo azul, com penas de colibri na perna esquerda, com o cetro em forma de serpente e todo armado. Também a águia da coragem o personifica.
Eram principalmente os prisioneiros de guerra que se aproveitavam para sacrificar ao deus.
Como referenciar: Huitzilopochtli in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 13:50:08]. Disponível na Internet: