Igreja de S. Leonardo de Atouguia da Baleia

Não se conhece ao certo a data da fundação desta igreja medieval, localizada no concelho de Peniche, distrito de Leiria. Alguns autores remetem a sua edificação para os séculos XIII-XIV, data em que é construído ou reconstruído o Castelo de Atouguia da Baleia. Outros autores, remetem o seu aparecimento para uma época anterior por nela se encontrarem filiações estilísticas em certos trechos com o núcleo do gótico inicial de Santarém.
Igreja do gótico de transição entre os séculos XIII e XIV, S. Leonardo de Atougia da Baleia apresenta uma fachada nobre com o portal inscrito num ressalto quadrangular, delimitada por longos contrafortes. O portal é formado por colunelos reentrantes, capitelizados, que suportam as arquivoltas quebradas. É decorado com capitéis naturalistas. Axialmente, o portal sul é mais arcaizante, tendo o arco menos apontado. Este portal é encimado por óculo moldurado.
A frontaria apresenta, à direita, a torre sineira rematada por um coruchéu cogulhado. A capela-mor, rasgada por fenestração gótica, mostra os ângulos reforçados por contrafortes e é rematada por um resguardo ameado, sustentado por cachorrada. A fachada norte é ritmada por fenestrações, dois arcosólios com túmulo e uma porta trilobada.
No interior, o templo reparte-se em três naves, com a central mais elevada, formadas por arcos ligeiramente apontados, de arestas chanfradas, e suportados por colunas capitelizadas. Os capitéis apresentam ornamentação vegetalista e zoomórfica.
A ousia, de planta poligonal, apresenta cobertura em abóbada de nervuras. Aqui estão guardadas obras como a representação da Natividade, em meio-relevo do século XIV e que serviu de frontão de altar. Notáveis são também as tábuas quinhentistas atribuídas ao mestre de São Quintino, tratando temas da vida de S. Leonardo, Orago do templo, S. Pedro, S. João Evangelista e uma Anunciação.
Merecedora também de atenção é a porta manuelina da sacristia, o túmulo do primeiro conde de Atouguia do século XV, um relicário feito a partir de uma porta, óleos do séc. XVII e as pinturas quinhentistas e seiscentistas espalhadas pelos retábulos laterais.
Como referenciar: Porto Editora – Igreja de S. Leonardo de Atouguia da Baleia na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-20 01:26:31]. Disponível em