Igreja Matriz de Castanheira de Pera

Consagrada a S. Domingos, a Igreja Matriz de Castanheira de Pera é um templo do barroco setecentista, alterada e empobrecida por remodelações e restauros posteriores.
Implantado numa zona elevada desta vila, o acesso ao templo faz-se através de uma escadaria de pedra. Antecedida por um adro e por pequena escadaria, a frontaria apresenta volumes amplos, marcados pela linguagem do barroco setecentista, é caiada de branco e delimitada por cunhais de cantaria. O portal nobre é composto de linhas retas e simples, sobrepujado por uma janela de arco redondo. A empena desenha linhas ondeadas e é marcada por pequenos pináculos, levantando-se ao centro uma estrutura curva com óculo, sobre a qual está um frontão rematado por cruz latina. Adossada à esquerda da fachada eleva-se a torre sineira quadrangular, de dois andares, com relógio e ventanas para os sinos. Esta apresenta cobertura de linhas curvas, marcada na empena por pináculos e rematada no topo por um catavento metálico.
Simples e austero, o interior está dividido em três naves, formadas por cinco tramos ritmados por arcaria assente em colunas jónicas, sobre a qual repousa a cobertura em madeira pintada. As paredes são caiadas e apresentam trabalhos em estuque. Na face do Evangelho rasga-se uma capela lateral e um altar em talha dourada, enquanto o lado oposto da Epístola contém dois altares simples. O púlpito é uma obra moderna.
Na cabeceira estão colocados dois altares colaterais que foram remodelados, assim como o da capela-mor. Deste panorama geral de contenção decorativa, menção para uma estátua regular do Espírito Santo, imagem de pedra calcária do século XVI e que se encontra na sacristia da igreja.
Como referenciar: Igreja Matriz de Castanheira de Pera in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-21 23:37:59]. Disponível na Internet: