Igreja Matriz de Santana

A Igreja Matriz de Santana, localizada numa das mais pitorescas localidades do norte da Ilha da Madeira, foi construída no final do século XVI, em 1698.
Hoje em dia, a igreja praticamente não apresenta vestígios da sua traça original, fruto das obras de reconstrução levadas a efeito em 1745. A sacristia, inicialmente edificada no lado norte, foi transferida para o lado sul, considerado mais seco e, por isso, mais indicado para a conservação de alfaias. Por essa altura, foi também levantada a sineira.
Com o passar dos anos, a degradação do templo tornou-se evidente. A igreja ficou praticamente sem soalho e os crentes, para se poderem ajoelhar, transportavam molhos de murta que espalhavam pelo chão.
Face a esta situação, o padre Marcelino João da Silva, o tenente Francisco António Jardim e Carlos Frederico Accioli decidiram formar uma comissão com o objetivo de angariar fundos para a repavimentação da igreja. Recentemente, a igreja matriz de Santana foi novamente assoalhada, pintada e forrada; o adro e arredores foram também alvo de alguns melhoramentos.
Como referenciar: Igreja Matriz de Santana in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-18 01:33:47]. Disponível na Internet: