iguana

Animal do filo dos cordados, da classe dos répteis, da ordem dos escamosos e da família dos Iguanídeos distribuída por mais de setecentas espécies.
No grupo das iguanas gigantes distinguem-se a iguana-marinha (Amblyrhynchus cristatus) e a iguana-terrestre (Conolophus subcristatus). A iguana-marinha de cor verde acinzentada, torna-se avermelhada na época da reprodução. A temperatura também afeta a cor. Uma iguana saída do mar frio pode ser quase negra. Nestas circunstâncias colocam-se ao sol em cima de rochas e readquirem a cor verde acinzentada. Apresentam como todas as grandes iguanas um aspeto comum. A crista dorsal que cresce na iguana-marinha é mais desenvolvida e mais forte do que na iguana terrestre. A cauda é robusta e está achatada lateralmente funcionando como um leme que lhe permite nadar contra as correntes. Quando se expõem ao sol expulsam continuamente sal das glândulas nasais. A iguana-marinha é um réptil que pode atingir o comprimento de um metro e vinte e tem um aspeto pesado com o focinho rombo. Boa nadadora a iguana-marinha para se alimentar mergulha até ao fundo onde se agarra às pedras com as suas longas garras. A sua alimentação é constituída por algas marinhas.
A iguana-terrestre é maior que a iguana-marinha, podendo atingir o comprimento de um metro e meio, é também mais pesada. Alimenta-se de flores de algumas plantas, frutos da figueira-da-índia e dos caules achatados de catos.
A postura das iguanas é de dois a três ovos.
Como referenciar: iguana in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-15 15:17:41]. Disponível na Internet: