Inácio Rebelo de Andrade

Escritor, sociólogo e professor universitário português, Inácio José Esteves Rebelo de Andrade nasceu em 1935, na cidade de Huambo, em Angola.
Licenciado em Agronomia pela Universidade de Luanda e doutorado em Engenharia Agronómica pela Universidade de Lisboa, é professor catedrático da Universidade de Évora, onde leciona disciplinas da área da Sociologia. Anteriormente, exerceu várias funções das quais se destacam a de técnico agrícola na Junta de Exportação de Cereais e no Instituto de Investigação Agronómica de Angola, a de professor do ensino superior, em Lisboa e Luanda, a de consultor da UNESCO, a de presidente do Conselho Científico da Universidade Técnica de Lisboa, a de vice-presidente do Instituto António Sérgio do Setor Cooperativo (Inscoop), a de membro do Conselho de Redação da revista Economia e Sociologia do Instituto Superior Económico e Social de Évora e a de membro do Conselho de Consultores Científicos da revista Episteme, publicação da Universidade Técnica de Lisboa.
Como escritor, publicou alguns contos, crónicas e memórias, que contribuíram para a divulgação da história e cultura angolana, tais como os livros Um Grito na Noite (1960), Apontamentos de Rua (1961), O Sabor Doce das Nêsperas Amargas (1997), Parábolas em Português (1999), Aconteceu em Agosto (2000), Revisitações no Exílio (2001), Passageiro sem Bilhete (2003), Adeus Macau, Adeus Oriente (2004). Para além das suas obras literárias, escreveu livros científicos, técnicos e eruditos, como No Centenário de António Sérgio, o Doutrinador Cooperativista (1983), Difusão de Inovações e Extensão Rural (1987), Para uma Estratégia de Apoio aos Agricultores (1988), Avaliação de Atividades em Extensão Rural (1996), entre outros. Rebelo de Andrade é ainda membro da Sociedade de Geografia de Lisboa, da União dos Escritores Angolanos e da Associação Portuguesa de Escritores. Juntamente com o poeta angolano Ernesto Lara Filho, foi fundador da coleção Bailundo.
Como referenciar: Inácio Rebelo de Andrade in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-15 15:00:23]. Disponível na Internet: