incesto

Embora a definição de parentesco possa variar, as relações sexuais incestuosas (entre parentes, ou familiares próximos) são proibidas e condenadas nas diversas sociedades.
Ao longo dos tempos, esta proibição aparece representada em mitos, em códigos e em regras não apenas das religiões mas também da vida em sociedade. E se há casos específicos das sociedades antigas em que, para legitimar o trono e continuar uma dinastia, o incesto podia acontecer com irmãos ou parentes muito próximos, a sua prática foi sempre limitada e mesmo condenada.
O tema do incesto surge em diversas obras, desde a antiguidade. Já na tragédia grega o encontramos no Rei Édipo de Sófocles (495-405 a. C.). Nessa obra, Édipo torna-se rei de Tebas e casa com Jocasta, mas vem a descobrir que matara Laio, seu pai, e que a mulher com quem vive é a sua própria mãe. Cega-se, num ato de desespero, e Jocasta suicida-se. O psicanalista Freud, no início do século XX, designou por complexo de Édipo "o conjunto das fortes emoções e impulsos da primeira infância, que se concentra em torno dos pais", isto é, a pulsão inconsciente ou apego erótico da criança por alguém, do sexo oposto, que a gerou ou a ela está ligada, mas de que houve um recalcamento por condições culturais ou outras que levaram, ao mesmo tempo, ao amor, ao ódio ou ao medo. O termo "complexo" designa a ligação inconsciente entre pulsões (impulsos primários de ordem fisiológica) e interdições de ordem cultural, também inconscientes.
O incesto está integrado na vida do imaginário e é, com frequência, resultado deste complexo de Édipo não resolvido, mas a sua aceitação apresenta-se como tabu, na medida em que há um interesse sexual erótico, considerado ilícito, entre parentes consanguíneos.
Em Os Maias, de Eça de Queirós, o incesto entre Carlos e Maria Eduarda conduz à catástrofe inevitável. Embora de forma inconsciente, pois nenhum sabia da existência do outro, os dois irmãos apaixonam-se e vivem uma intensa relação como amantes. Só Carlos acaba por conscientemente praticar o incesto depois de descobrir a verdadeira identidade de Maria Eduarda e ao não resistir aos seus encantos, quando tem o propósito de pôr fim a essa relação.
Como referenciar: incesto in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-23 22:18:38]. Disponível na Internet: