Independência do Egito

O grande impulsionador da independência do Egito foi Gamal Abder Nasser, o verdadeiro líder da nação que dirigiu o Conselho do Comando Revolucionário (Revolutionary Command Council), e que conspirou para fazer a revolução libertadora. Apesar de Nasser ser o protagonista do movimento de independência, o primeiro presidente egípcio foi o general Muhammad Naguib, outra das figuras fulcrais deste período.
Nasser chegou assumiu o seu primeiro cargo político importante em 1954, quando foi eleito primeiro-ministro, no mês de novembro do mesmo ano Naguib foi deposto, e o seu lugar reocupado por Nasser, empossado de uma autoridade total. Dois anos depois foi oficialmente eleito presidente (1956) do Egito. De início, as linhas gerais da sua política estavam bastante próximas do mundo ocidental, mas cedo trocou esta política ocidentalizante por uma política neutral, de aberta cooperação com os países da África e da Ásia, vindo a afirmar-se como árbitro e advogado da União Árabe.
Como referenciar: Independência do Egito in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-25 01:54:44]. Disponível na Internet: