industrialização

Fenómeno de desenvolvimento das economias, passando-se de uma fase pré-industrial, caracterizada pelo seu subdesenvolvimento, à fase industrial. É industrial o país ou região em que a produtividade dos serviços atinja um grau elevado, na medida em que a economia, como um todo, chegou a uma fase de maturidade.
Historicamente, a industrialização teve início na Inglaterra, na segunda metade do século XVIII. Graças ao aperfeiçoamento da máquina a vapor, pelo escocês James Watt (1736-1815), tornou-se possível a mecanização da produção, substituindo a mão de obra pelo maquinismo. Esta transformação veio provocar uma autêntica revolução no quotidiano das populações. O fenómeno da industrialização pressupôs uma intensa acumulação de capitais, a libertação de mão de obra do setor primário e um aumento significativo da população e teve repercussões, não apenas a nível económico, mas também a nível político, social e cultural, verificando-se o surgimento de uma nova mentalidade industrial, assistindo-se ao aparecimento de novas classes e antagonismos sociais e passando-se, progressivamente, de uma sociedade tradicional e rural para uma sociedade industrial e urbana.
A industrialização conheceu um segundo momento com o aparecimento da energia elétrica e do motor de explosão. Mais recentemente, com o surgimento da informática e das novas tecnologias de informação, entramos num novo período conhecido por era pós-industrial.

Como referenciar: industrialização in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-19 23:58:59]. Disponível na Internet: