Inês Pedrosa

Escritora e jornalista portuguesa, Inês Pedrosa nasceu a 15 de agosto de 1962, em Coimbra.
A licenciatura em Comunicação Social, pela Universidade Nova de Lisboa, deu-lhe acesso ao patamar do jornalismo, tendo colaborado, entre outros, no O Jornal, JL, O Independente e o Expresso e em revistas, nomeadamente a Marie Claire, que dirigiu durante três anos, e a Ler.
Em 1992, ainda na fase da juventude, a autora, publica o seu primeiro romance, intitulado A Instrução dos Amantes. Sentindo necessidade e vontade de contar as sensações das primeiras experiências afetivas vividas pela adolescência e pela juventude, Pedrosa deita mãos às vivências de um grupo de jovens adolescentes perpassadas por uma grande intensidade mas também por uma bonita inocência.
Ainda na "flor da vida", as personagens de A Instrução dos Amantes (1992) enfrentam os mesmos problemas que se colocam em qualquer idade. A descoberta do mundo, cada vez mais complexo e virado para dentro, interrogam-se metafisicamente sobre "que sentido tem a vida???" e sobre "quem sou eu?".
Em 1997 edita o romance Nas Tuas Mãos. Como personagens principais, uma avó, uma mãe e uma filha espelham as suas emoções cruzadas nos seus destinos, permitindo um olhar sobre o Portugal dos últimos trinta anos do século XX.
Posteriormente, e com a aceitação do próprio autor, organizou e assinou a Fotobiografia de Cardoso Pires, recolhendo depoimentos de figuras conceituadas do mundo literário tais como: António Tabucchi, Eduardo Prado Coelho, António Lobo Antunes, Lídia Jorge, Maria Lúcia Lepecki, Pedro Támen e José Carlos de Vasconcelos. Contendo um poema de Armando Silva Carvalho, esta fotobiografia, editada em 1999, inclui também dois inéditos de José Cardoso Pires.
Como forma de marcar o século XX como o "momento" de emancipação da mulher, tentando destruir o preconceito segundo o qual as mulheres "eram aquela metade de uma espécie de mamíferos que se destina aos nascimentos", escreveu ainda 20 Mulheres para o Século XX,(2000) consagrando, entre outros, os nomes de Sophia de Mello Breyner Andresen (escritora), Simone de Beauvoir (escritora), Marie Curie (investigadora), Bette Davis (atriz), Maria João Pires (pianista), Isadora Duncan (bailarina), Paula Rego (pintora), Amália Rodrigues (cantora) e Virginia Woolf (escritora), entre outras.
Selecionou, organizou e prefaciou uma antologia de poesia portuguesa intitulada Poemas de Amor (2001). Contendo textos de oitenta e oito poetas, desde a Idade Média até à contemporaneidade, esta antologia apresenta uma organização cronológica.
Escreveu ainda Mais Ninguém Tem (1991), Os 7 Pecados Capitais (1999), em parceria com Moita Flores e Mário Ventura, Fica Comigo Esta Noite (2003), Crónica Feminina (2005), Carta a uma Amiga, com fotografia de Maria Irene Crespo (2005), Do Grande e do Pequeno Amor (2006), em colaboração com Jorge Colombo, e A Eternidade e o Desejo (2008).
Como referenciar: Inês Pedrosa in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-25 06:13:06]. Disponível na Internet: