Inti

Deus do Sol e principal divindade do panteão inca, Inti era considerado o ancestral de todos os Incas e adorado como patrono do império. De acordo com a mitologia, Inti era irmão e consorte de Mama Quilla, deusa da Lua, sendo geralmente representado através de um disco solar, com raios ou labaredas envolvendo uma face humana.

O seu culto assumiu estatuto de religião do estado e, com a expansão do império, foi sendo incorporado nas tradições religiosas dos povos conquistados, assim contribuindo para a legitimação do domínio inca.

Dos diversos templos dedicados ao culto a Inti, destaca-se o de Coricancha – a mais importante estrutura religiosa do império, situada na capital, Cuzco (Peru). Em honra da divindade era também celebrado um festival, denominado Inti Raymi. A festa, que decorria em junho, durante o solstício de inverno no hemisfério sul, envolvia sacrifícios de animais e danças rituais, entre outras cerimónias.

Como referenciar: Porto Editora – Inti na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-04 02:25:31]. Disponível em