IRA

Organização nacionalista irlandesa, clandestina e de carácter militar. A sigla corresponde à designação Irish Republican Army (Exército Republicano Irlandês).
O IRA foi criado na década de 1910 com o objetivo de obter a independência da Irlanda em relação ao Reino Unido. Foi, de facto, à sua ação que se ficou a dever, em grande medida, a abertura do Governo britânico a negociações e, em consequência, a constituição do Estado Livre da Irlanda em 1921. Os seus militantes, todavia, não se conformaram com o tratado assinado por Michael Collins, que não garantia completa autonomia à Irlanda e concedia ao Reino Unido a soberania sobre o território do extremo norte da ilha.
A independência seria conseguida mais tarde, mas a Irlanda do Norte nunca haveria de se emancipar da Coroa britânica. Por isso, e de mistura com motivações religiosas, o IRA continuou a lutar, recorrendo sempre a ações de violência, designadamente atentados contra os militares britânicos colocados na Irlanda do Norte e altos responsáveis da administração do Reino Unido.
O Sinn Fein, o partido político nacionalista a que o IRA se encontra associado, procura uma solução pacífica para o problema, desenvolvendo negociações com as autoridades do Reino Unido.
Como referenciar: IRA in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-03-30 12:09:13]. Disponível na Internet: