Irving Berlin

Compositor norte-americano, Israel Baline nasceu a 11 de maio de 1888, em Temum, na Sibéria, e morreu a 22 de setembro de 1989. Depois dos conflitos com os Cossacos na Sibéria, os seus pais, assim como muitos judeus russos, decidem emigrar para os Estados Unidos da América, levando os seus oito filhos. Já em Nova Iorque, cantava numa sinagoga com o seu pai, que mais tarde consideraria a sua grande influência musical. Com a morte do seu pai, em 1896, passa a vender jornais nas ruas, cantando as músicas que conseguia ouvir dos bares e restaurantes. Aos 16 anos, torna-se empregado de mesa/cantor numa cervejaria em Chinatown, onde descobriu que podia compor as suas próprias músicas num velho piano lá existente. A princípio escrevia e compunha para outros e o seu primeiro tema, «Marie from Sunny Italy», foi impresso com o seu nome mal escrito: I Berlin. Sentiu que o seu nome era muito bíblico para um compositor e aproveitando o erro adota o nome de Irving Berlin. Entretanto, compõe «Alexander's Ragtime Band», que estava a ter pouco sucesso comercial, até que Al Jonson e outros cantores o usaram. As vendas dispararam para um milhão de unidades em três semanas. A este seguiram-se «Everybody's Doin'It» e «Ragtime Violin», temas que levaram Berlin a ser apelidado de "hit-maker". Estava no auge da sua curta carreira, recebendo cerca de 100 000 dólares anuais pelos "royalties", quando decide casar com a jovem Dorothy Getz, que viria a falecer cinco meses mais tarde, vítima de febre tifoide. Irving desiste da sua carreira e viaja para a Europa. Numa ação de desespero, decide escrever um tema que falasse dos seus sentimentos, «When I Lost You» (considerada uma das mais belas canções). Foi a única vez que Irving transportou a sua vida para uma música. Tinha iniciado uma segunda carreira. O seu segundo casamento foi com Ellin Mackay, filha do magnata Clarence Mackay, proprietário do American Poste e da Telegraph Company. Mas com a queda dos mercados de 1929, e a consequente Depressão, Irving Berlin perde toda a sua fortuna, assim como o seu sogro. As suas músicas deixam de ter sucesso, e viaja para Hollywood. E foi com os temas para Top Hat, um musical com Fred Astaire e Ginger Rogers, que Berlin descobre a sua nova sonoridade. Estava de novo na ribalta. Escrevia tanto para a Broadway como para Hollywood. Em 1939, começa a Segunda Guerra Mundial e, como forma de ajuda à sua nação adotiva, Berlin abdica dos seus "royalties" durante essa época. Nos finais dos anos 50, Irving Berlin era uma pessoa diferente e pouco preocupada com aquilo de que o público americano poderia gostar. A sua influência estava a desvanecer-se. Já na década de 60 decide parar de escrever, recusando inclusive qualquer contacto com a imprensa, vivendo obcecado com a sua fortuna. De toda a sua carreira, Irving Berlin viria a lamentar não ter realizado todos os seus sonhos artísticos, entre os quais a composição de uma ópera jazz. Berlin afirmava que o jazz era única contribuição do século XX para a música e queria fazer parte dela.
Como referenciar: Irving Berlin in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-22 10:24:39]. Disponível na Internet: