Isabel Jonet

Ativista portuguesa contra a pobreza, Maria Isabel Jonet nasceu em 1960. Licenciada em economia, começou por trabalhar numa seguradora, mas quando o marido foi trabalhar para Bruxelas, na Bélgica, Isabel Jonet acompanhou-o e passou a desempenhar as funções de tradutora na União Europeia.
Em 1994, regressou a Portugal e deixou de trabalhar para poder acompanhar melhor o crescimento e a educação dos filhos. Como ficou com mais tempo livre resolveu, nesse mesmo ano, entrar como voluntária no Banco Alimentar Contra a Fome, uma instituição que angaria alimentos para distribuir pelas pessoas necessitadas. Ao fim de algum tempo, assumia a presidência da instituição, que ao fim de dez anos de atividade já tinha cerca de dez mil voluntários a colaborar e prestava apoio a cerca de 200 mil pessoas necessitadas.
O trabalho de Isabel Jonet foi reconhecido pela Assembleia da República de Portugal, que em 2005 lhe entregou o prémio Direitos Humanos 2005. Isabel Jonet havia sido antes distinguida pela revista feminina Ativa com o prémio Mulher Ativa 2000.
Como referenciar: Isabel Jonet in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-12-17 04:34:58]. Disponível na Internet: