isolamento

O significado vulgar de isolamento remete para afastamento. Esta distância tanto pode ser física como psicológica. No primeiro caso, e referindo-nos a seres humanos, o isolamento indica a situação de uma pessoa que vive afastada de alguém ou de algo. No segundo caso, indicia o estado psíquico de uma pessoa que se sente moralmente só ou perdida, como que à deriva. Para se chegar a este estado, não é absolutamente necessário que a pessoa viva isolada fisicamente de outros seres humanos, embora este fator possa propiciar ou até ser determinante para que essa situação aconteça.
O isolamento não deve ser apenas considerado a nível individual, mas também de grupo. Neste caso, o estado de isolamento pode referir-se a um país ou região que se encontra separado dos outros, o que, em termos pragmáticos, se traduz na ausência de relações económicas e/ou políticas com eles. É o que sucede, frequentemente, com países que enveredam por regimes políticos não democráticos, que recorrem a estratégias reprovadas pelos outros, como é o caso do recurso a ataques, à guerra, ao não respeito pelos direitos humanos, etc., levando estes últimos a isolá-los da comunidade internacional através de sanções, que podem ir do embargo económico à expulsão de associações ou alianças ou até mesmo ao corte de relações. As culturas formam-se por isolamentos geográfico-históricos ou por isolamentos psicossociológicos. Os primeiros levam à formação de etnias e os segundos conduzem à formação de etnicidades. Ou seja, os grupos étnicos surgiram por falta de contacto com outros coletivos, devido a encontrarem-se confinados a espaços restritos, como ilhas, vales, desertos ou outros locais arredados do convívio com culturas diferentes da sua, o que vai condicionar a evolução da sua história. Este fenómeno, que sucedia muito noutras épocas, está hoje restringido, graças à influência dos media, que desempenham o papel de formas culturais invasoras, contribuindo para o desaparecimento desses grupos com as características que os distinguiram durante anos ou séculos, conseguido através da destruição dos particularismos culturais em favor da homogeneização.
A era atual põe-nos, de preferência, em face de etnicidades produzidas por isolamentos de natureza psicossociológica. Este fenómeno ocorre na passagem de estruturas rurais tradicionais a estruturas modernas urbano-industriais, bem como nos processos adaptativos de mudança cultural dos imigrantes a diferentes contextos culturais.
A pessoa ou o país que se encontra em estado de isolamento não pode progredir, porque a condição primeira da evolução cultural é a sinergia entre as diferentes culturas.
Como referenciar: isolamento in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-21 12:00:28]. Disponível na Internet: