James Dewar

Químico e físico britânico, James Dewar nasceu em Kincardine-on-Forth, na Escócia, a 20 de setembro de 1842, e faleceu em Londres, a 27 de março de 1923.
A sua formação académica realizou-se na Universidade de Edimburgo. Em 1875 foi designado professor de Filosofia Natural na Universidade de Cambridge, tendo, dois anos mais tarde, lecionado Química no Instituto Real da Grã-Bretanha, onde foi nomeado diretor do Laboratório de Pesquisa Davy-Faraday.
Dewar destaca-se sobretudo por trabalhos realizados na área da espetroscopia e materiais criogénicos. Salientam-se os seguintes feitos e nomeações, de entre toda a sua atividade como cientista: . 1891 - construiu um dispositivo destinado a produzir oxigénio no estado líquido em grandes quantidades;
. 1892 - inventou um dispositivo denominado por "frasco de Dewar", mais tarde denominado por garrafa-termo;
. 1897 - foi nomeado Presidente da Sociedade Química Inglesa, cargo que manteve até 1899;
. 1898 - tornou-se no primeiro cientista a liquefazer o hidrogénio e, em 1899, a solidificá-lo;
. 1899 - conjuntamente com Sir Frederick Abel, inventou a cordite (explosivo inglês), uma pólvora sem fumo;
. 1904 - foi armado cavaleiro;
. 1907 - vendeu os direitos do "frasco de Dewar" com o nome de termo, que significa calor. Hoje em dia a garrafa-termo é usada em todo o mundo.
Como referenciar: James Dewar in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-08-08 07:11:47]. Disponível na Internet: