jazigos minerais por anomalia do depósito

Durante o processo sedimentar, podem ocorrer anomalias que levam à formação de concentrações muito significativas de minerais. É o caso dos "placers", que são áreas de rochas detríticas onde se concentram quantidades anómalas de minerais. Em geral, estas concentrações, devidas a processos mecânicos, correspondem ao acumular de minerais de maior densidade que a média das rochas sedimentares. São minerais que são transportados no estado sólido, procedentes da erosão de rochas pré-existentes. Na zona-mãe, estes minerais são pouco frequentes, estando dispersos no seio da rocha, não permitindo exploração comercial. Estas concentrações minerais formam-se em áreas onde a velocidade das águas, e a forma do leito onde elas correm, deixam de ter competência para as transportar. Este tipo de concentração mineral pode também encontrar-se em praias, onde a ação das ondas tende a deslocar os detritos de densidade normal e não consegue deslocar os detritos mais densos. Neste tipo de jazigos podem encontrar-se minerais preciosos como o ouro, a prata e a platina, e outros minerais com interesse económico, como a cassiterite, a magnetite, o berilo, a torianite e a uraninite.
Como referenciar: jazigos minerais por anomalia do depósito in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-01-18 21:04:52]. Disponível na Internet: