Jessica Lange

Atriz norte-americana, Jesse Lange, seu nome verdadeiro, nasceu a 20 de abril de 1949, em Cloquet, Minnesota, EUA. Aos 19 anos, abandonou o curso de Arte da Universidade de Minnesota para partir para Paris, onde estudou pantomima e dança. Regressou ao seu país natal em 1974, para iniciar uma bem sucedida carreira de modelo. Interessada em ser atriz, compareceu aos castings do remake de King Kong (1976). O produtor Dino de Laurentiis ficou impressionado pela sua beleza e selecionou-a entre milhares de candidatas. O filme não foi um sucesso e prejudicou as aspirações de Lange que teve que esperar mais três anos para voltar a filmar sob a batuta de Bob Fosse em All That Jazz (O Espetáculo Vai Começar, 1979). No seu filme seguinte, protagonizou cenas ousadas ao lado de Jack Nicholson no remake de The Postman Always Rings Twice (O Carteiro Toca Sempre Duas Vezes, 1981) mas o à-vontade que demonstrou no desempenho duma exigente caracterização dramática provou aos cinéfilos que se estava perante uma atriz extremamente promissora. 1982 veio a ser o ano da sua consagração inicial, ao ser duplamente nomeada nas categorias de Melhor Atriz Principal e Melhor Atriz Secundária pelos seus trabalhos em respetivamente, Frances (1982), onde recriou magistralmente a estrela de cinema da década de 30 Frances Farmer que acabou os seus dias num asilo para pacientes mentais, e Tootsie (Quando Ele Era Ela, 1982), onde desempenhou um jovem atriz de telenovelas. O facto de ter vencido o Óscar para Melhor Atriz Secundária tornou-a numa das atrizes mais requisitadas da década de 80. Em 1984, iniciou um longo relacionamento afetivo com Sam Sheppard. Ainda seria nomeada para o Óscar de Melhor Atriz por mais quatro ocasiões: por Country (A Minha Terra, 1984), no papel duma mulher que tenta salvar a sua quinta da falência, por Sweet Dreams (Depois da Meia-Noite, 1985), onde recriou a cantora de música country Patsy Cline, por Music Box (O Enigma da Caixa de Música, 1989), onde desempenhou uma advogada que defende em tribunal o seu pai acusado de crimes de guerra, e, finalmente, talvez o seu melhor papel de sempre, o de Carly Marshall, uma instável esposa dum militar (Tommy Lee Jones), em Blue Sky (Céu Azul, 1994). Desde então, tem alternado entre uma bem sucedida carreira na Broadway e presenças em filmes de sucesso como Rob Roy (1995), Titus (Titus Andronicus, 1999), onde contracenou com Anthony Hopkins, Prozac Nation (Prozac, 2001) e Big Fish (O Grande Peixe, 2003).
Como referenciar: Jessica Lange in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-02-21 18:38:54]. Disponível na Internet: