João Aguiar

Escritor português nasceu em 1943, em Lisboa e faleceu 3 de junho de 2010. Tendo interrompido o curso de Filosofia para se licenciar em Jornalismo na Universidade Livre de Bruxelas, cumpriu o serviço militar em Angola, onde fez rádio e trabalhou como jornalista. Em dezembro de 1974, viajou para a Holanda, onde esteve a trabalhar no Centro de Turismo português em Amesterdão. Regressou a Portugal em 1976, altura em que reiniciou o jornalismo, tendo trabalhado para a RTP e em diversos diários, semanários e revistas.
É autor de vários romances, entre os quais A Voz dos Deuses (1984) - sobre a figura histórica de Viriato, Um Homem sem Nome (1986), O Trono Altíssimo (1988), O Canto dos Fantasmas (1990, contos), Os Comedores de Pérolas (1992) - que tem como cenário Macau, A Hora do Sertório (1994), A Encomendação das Almas (1995) e Uma Deusa na Bruma (2003). Para além de romances, é autor de livros infanto-juvenis como, por exemplo, A Cauda do Diabo (2002) e O Peixe-Correio (2004).
Em 2005 foi galardoado com o Prémio Literário 2004 da Casa da Imprensa.
Como referenciar: João Aguiar in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-19 01:03:47]. Disponível na Internet: