João V

Papa natural da Síria e provavelmente refugiado dos ataques muçulmanos, levou para Roma as atas do Concílio de Constantinopla (680/681), tendo sido um dos mais importantes legados papais nessa ocasião.
Durante o seu papado, que teve início a 23 de julho de 685 e terminou a 2 de agosto de 686, o bispo da Sardenha, Citonatus de Cagliari, tentou tornar-se eclesiasticamente independente de Roma, iniciativa imediatamente abafada por João V.
Quando faleceu foi sepultado na basílica de São Pedro.
Como referenciar: João V in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-16 15:33:40]. Disponível na Internet: