Joaquim Agostinho

Ciclista português, Joaquim Francisco Agostinho nasceu a 7 de abril de 1943, na freguesia de Silveira, em Torres Vedras, e morreu a 10 de maio de 1984, vítima de um acidente ocorrido numa estrada algarvia, enquanto participava numa prova.

Com 25 anos, ingressou, pela mão de um amigo, também ciclista, no Sporting Clube de Portugal, conseguindo a proeza de, ainda nesse ano, ao participar pela primeira vez na Volta a Portugal, obter o 2.º lugar. Depois desta prova, foi selecionado para o Campeonato Mundial de Estrada, em Imola, onde registou a melhor classificação portuguesa de sempre. Foi consecutivamente, entre 1968 e 1973, campeão na prova Nacional de Fundo Individual e venceu a Volta a Portugal durante três anos seguidos (entre 1970 e 1972).
Joaquim Agostinho teve também apreciável sucesso no estrangeiro, tendo participado, por exemplo, numerosas vezes na Volta à França e conseguido, inclusive, nos anos de 1978 e 1979, a melhor posição de sempre, classificando-se em terceiro lugar. Pedalou também em países como a Suíça, Luxemburgo, Espanha e Brasil.

Em 1984, depois de ter estado em França onde correu com a camisola de vários clubes deste país, Joaquim Agostinho regressou a Portugal. No dia 30 de abril, enquanto disputava a 5.ª etapa da X Volta ao Algarve, o ciclista sofreu uma queda, fazendo uma fratura craniana. O acidente não o impediu de terminar a prova, conseguindo cortar a meta com a ajuda de dois colegas do Sporting. Operado em Lisboa, dez horas depois do acidente, acabaria por não resistir, tendo falecido no dia 10 de maio, no Hospital da CUF, em Lisboa.

Detentor de várias vitórias e de muitos lugares cimeiros, Joaquim Agostinho foi durante muitos anos um dos melhores ciclistas a nível mundial.
Como referenciar: Joaquim Agostinho in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-07 14:22:04]. Disponível na Internet: