Artigos de apoio

José de Arimateia
Novela de cavalaria, conservada no Arquivo Nacional e Torre do Tombo, cópia do século XVI de um original do século XIV, que corresponde a uma tradução portuguesa do ciclo do Graal e que constitui, seguido de Merlim e da Demanda do Graal, a primeira parte da trilogia atribuída a Robert de Boron. A novela inicia-se com uma visão divina durante a qual o narrador recebe, através de um livro, todo o saber de Deus e o conhecimento do itinerário do Santo Graal. Impregnada de misticismo, a obra narra a história de José que recolhe o sangue da Paixão de Cristo no vaso eucarístico da Última Ceia, o Graal, e que, preso pelos judeus, após a Ressurreição, se alimentou pelo Graal durante cerca de 36 anos, até ser libertado pelo imperador Vespasiano. Embarca então para o Norte de África, onde converterá o rei Mordain. A história continua com a missionação de José e de seu filho Josefes e com a transmissão da incumbência de guarda do Graal de geração em geração, até chegar a Lancelot.
Como referenciar: José de Arimateia in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-12-11 20:54:15]. Disponível na Internet: