José Félix Henriques Nogueira

Jornalista, escritor e político, José Félix Henriques Nogueira nasceu em 1825, em Torres Vedras, e morreu em 1858. Foi um dos iniciadores do Republicanismo e do Socialismo no nosso país. A sua doutrina política e social defendia a instauração de um regime republicano, o municipalismo, o federalismo e o associativismo.
Escreveu artigos para periódicos como o Eco dos Operários (1851) e a Revolução de setembro (1852), e foi o fundador do Almanaque Democrático (1852-1855). Na área da reflexão e da intervenção política, publicou a obra Estudos sobre a Reforma em Portugal (1852).
Após ter-se candidatado, sem conseguir ser eleito, a deputado pelo círculo eleitoral de Torres Vedras e Alenquer, efetuou uma viagem por Espanha, França e Bélgica. De regresso ao País, fundou, em 1854, o jornal Progresso, que se ocupava de política e questões económicas.
Henriques Nogueira morreu com apenas 33 anos. O escultor Bordalo Pinheiro fez-lhe um busto que se encontra colocado no Cemitério dos Prazeres, em Lisboa. Uma rua e uma escola secundária da sua cidade natal têm hoje o seu nome.
Como referenciar: José Félix Henriques Nogueira in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-19 16:54:48]. Disponível na Internet: