Joseph Loschmidt

Químico e físico austríaco, Joseph Loschmidt, nasceu em Putschirn, Karlsbad, a 15 de março de 1821, e faleceu em Viena, a 8 de julho de 1895.
Filho de um pobre camponês, graduou-se em 1846 pelo Politécnico o que equivale a um bacharelato em Física e Química, mas falhou a sua admissão a uma posição académica. A sua primeira publicação ocorreu em 1861. Nesta, Loschmidt propunha a primeira fórmula química de estrutura para muitas moléculas importantes, introduzindo marcas para as ligações de carbono duplas e triplas.
Este artigo foi ignorado pelas Instituições Químicas. Mas, quatro anos mais tarde, com 44 anos de idade, enquanto se encontrava a lecionar Física, Química e Aritmética numa escola secundária de Viena, Loschmidt resolveu um dos mais reputados e difíceis problemas da época. Tornou-se a primeira pessoa a usar a teoria cinética dos gases para obter racionalmente um valor aceitável para o diâmetro de uma molécula. Esta descoberta ocorreu na altura em que a teoria cinética era perfeitamente hipotética. A designação de número de Avogadro é, em alemão, a denominação do número de Loschmidt descoberto por este último em 1865.
A determinação do tamanho das moléculas depressa trouxe reconhecimento a Loschmidt. Perante a insistência de Joseph Stefan, foi-lhe concedido um cargo na Universidade de Viena em 1866. Em 1870, Loschmidt publica os resultados mais exatos da interdifusão de dois gases.
James Clerk Maxwell, seguindo a liderança de Loschmidt, usa esses dados para calcular o diâmetro molecular de vários gases.
Loschmidt ascende rapidamente à Universidade, onde se torna professor em 1872.

Como referenciar: Joseph Loschmidt in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-01-22 08:42:45]. Disponível na Internet: