Juan Perón

Militar e político argentino, nascido em 1895, em Buenos Aires, foi eleito presidente do país em 1946, com 56% dos votos, após uma campanha eleitoral marcada pela forte repressão das iniciativas da oposição. Nacionalizou empresas e aumentou os salários dos funcionários públicos, mas deixou avolumar a dívida externa e viu aumentarem as dificuldades económicas do país. Depois da morte da sua segunda mulher, Eva Perón, perdeu popularidade e foi deposto por um golpe militar, em 1955. Voltou a ocupar a presidência em 1973, mas morreu um ano depois. Existe ainda hoje na Argentina um partido inspirado na sua figura.
Como referenciar: Juan Perón in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-04-22 14:18:26]. Disponível na Internet: