Juliette Binoche

Atriz francesa, Juliette Binoche nasceu a 9 de março de 1964 em Paris, filha de uma atriz e de um escultor que se divorciaram quando ela tinha 4 anos. O seu primeiro filme foi Liberty Belle (1982), não passando despercebida em Rendez-Vous (1985) e Mauvais Sang (1986), mas só chamou a atenção da crítica internacional no filme de Philip Kaufman The Unbearable Lightness of Being (A Insustentável Leveza do Ser, 1988). O seu aspeto gracioso e delicadamente "mignone" que emprestou inocência aos filmes Vie de Famille (1984), Je Vous Salue Marie (Eu Vos Saúdo, Maria, 1985) evoluiu para a mulher fatal que seduziu Jeremy Irons em Fatale (Relações Proibidas, 1992). Em 1993, Juliette Binoche ganhou o César da Melhor Atriz e o Prémio da Melhor Atriz no Festival de Cinema de Veneza com o filme Trois Couleurs: Bleu" (Azul) um dos títulos da trilogia de Krzysztof Kieslowski. Retirou-se para ser mãe em 1994, voltando à tela como a heroína de Le Hussard Sur le Toit (1995) e nesse mesmo ano foi escolhida pela Empire Magazine como uma das 100 estrelas mais sexys da história do cinema. Em 1996 ganhou o Óscar da Melhor Atriz Secundária com Hana no filme The English Patient (O Paciente Inglês), naquela que foi uma das maiores surpresas da história da atribuição dos Óscares. Juliette Binoche participou numa série de filmes Alice et Martin (1998), Les Enfants du Siècle (1999), Éloge de l'Amour (1999), La Veuve de Saint-Pierre (2000) e Code Inconnu: Récit Incomplet de Divers Voyages (2000), antes de entrar na pele de Vianne Rocher no filme Chocolat (Chocolate, 2000), que lhe valeu uma nomeação para o Óscar de Melhor Atriz. Entre outros filmes de menor destaque, voltaria ao grande ecrã em: Décalage Horaire (Jet Lag, 2002), um romance realizado por Danièle Thompson; Country of My Skull (Um Amor em África, 2004), um drama em que contracenou com Samuel L. Jackson; e Caché (Nada a Esconder, 2005), um thriller dirigido por Maurice Bénichou, por cujo papel Binoche foi nomeada para Melhor Atriz pelo European Film Award.
Como referenciar: Porto Editora – Juliette Binoche na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-23 10:01:28]. Disponível em