Julius Wagner-Jauregg

Médico neurologista e psiquiatra austríaco nascido em 1857 e falecido em 1940, estudou na Universidade de Viena, onde foi professor auxiliar de Patologia e de clínica psíquica. Ensinou Psiquiatria e Neurologia nas Universidades de Graz e Viena. Verificou, em observação clínica, que as doenças febris prolongadas, surgindo num paralítico geral, pareciam influenciar de maneira favorável o estado do doente.
A partir de 1910, experimentou a produção da febre nos doentes com paralisia geral, com a inoculação de agente da malária (paludismo). Este método teve êxito, pelo que lhe foi concedido, em 1927, o Prémio Nobel da Fisiologia e Medicina. Também foram importantes os seus métodos de tratar o cretinismo com produtos derivados da tiroide e o tratamento do bócio com o emprego de iodo.
Como referenciar: Julius Wagner-Jauregg in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-30 05:23:16]. Disponível na Internet: