junco

Designação vulgar de plantas herbáceas do género Juncus e da família das Juncáceas.
As plantas do género Juncus são anuais ou vivazes. Possuem folhas invaginantes na base e de margens livres, alternas, simples, cilíndricas ou lineares, por vezes reduzidas à bainha escamiforme. As flores são hermafroditas, actinomorfas, agrupando-se, por vezes, em pseudocapítulos. O perianto é formado por seis pétalas subescariosas. O ovário é súpero. O fruto é uma cápsula, com um ou três lóculos com numerosas sementes, com endosperma.
São exemplos de juncos, o Juncus effusus (junco), que surgem em locais húmidos de todo o país; o Juncus acutus (junco-agudo), que aparece no litoral português e é uma planta robusta; o Juncus articulatus (junco-articulado), frequente nos prados, bosques e lugares húmidos de Portugal; o Juncus bufonius (junco-dos-sapos), que aparece em lugares húmidos e inundados de inverno, em todo o país; o Juncus conglomeratus (junco-glomerado), que se encontra nas valas e lugares húmidos do Minho, Beira Litoral, Estremadura e Alentejo litoral; o Juncus inflexus (junco-desmedulado), que se encontra nos lugares húmidos e margens de cursos de água desde Trás-os-montes ao sul; o Juncus maritimus (junco-marítimo ou junco-das-esteiras), que é frequente no litoral e utilizado no fabrico de esteiras; o Butomus umbellatus (junco-florido), da família das Butomáceas, que se encontra nas valas e águas estagnadas da Beira Litoral e Estremadura; o Eleocharis palustris (junco-marreco), da família das Ciperáceas, frequente nos vales, e lugares húmidos de quase todo o país e o Luzula campestris (junco-dos-prados), da família das Juncáceas, que se encontra nos prados e relvados de Norte a Sul de Portugal.
Como referenciar: junco in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-21 23:57:23]. Disponível na Internet: