just-in-time

As empresas em geral devem implementar sistemas de controlo e gestão adequados a todas as suas áreas funcionais, designadamente no que concerne às suas funções de produção e aprovisionamento. A nível da função produção, está em causa genericamente a forma como a empresa organiza todos os seus meios de produção (equipamentos, trabalhadores e matérias) por forma a que, como resultado de um processo mais ou menos complexo, possa produzir os bens que posteriormente venderá. No que respeita à função aprovisionamento, está em causa a forma como a empresa organiza os meios que permitem o abastecimento adequado de todas as matérias e equipamentos necessários para o desenvolvimento normal da sua atividade, designadamente produtiva. Assim sendo, produção e aprovisionamento estão intimamente ligados.
De entre as políticas que as empresas podem seguir ao nível da gestão da produção e do aprovisionamento pode destacar-se o chamado método just-in-time. Este método preconiza genericamente que as empresas devem eliminar todo o desperdício ao nível do aprovisionamento e produção, sendo desperdício todos os elementos que não forem essenciais para o fabrico do produto de acordo com o necessário, nomeadamente equipamentos, matérias-primas, matérias subsidiárias, tempo dos trabalhadores, etc. Em suma, o método just-in-time propõe a produção exatamente de acordo com as solicitações do mercado e, por consequência, a compra apenas dos elementos estritamente necessários para essa produção. O objetivo é naturalmente a minimização dos investimentos em stocks e, consequentemente, a diminuição das necessidades em fundo de maneio da empresa.
Para um correto funcionamento do sistema just-in-time é, no entanto, necessário que todos os elementos da empresa estejam imbuídos do espírito a ele inerente e consigam tomar todas as medidas precisas para que ele funcione. Assim sendo, torna-se necessário desde logo que funcione o trabalho em equipa entre todos os setores da empresa, verificando-se o aumento da responsabilidade dos trabalhadores, nomeadamente no que concerne aos indicadores de qualidade na produção. A busca da melhoria constante deve também nortear toda a atividade de todos os elementos da empresa. Estes aspetos estão por sua vez subjacentes ao método de gestão da qualidade total, que está intimamente ligado ao just-in-time.
Paralelamente, o just-in-time obriga a uma relação muito próxima com os fornecedores, na medida em que a rapidez de entrega se apresenta como um fator fulcral neste método.

Como referenciar: just-in-time in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-16 05:48:32]. Disponível na Internet: