Kartikeia

Na mitologia hindu é o deus da guerra e das pestilências. É o segundo filho de Shiva ou mesmo uma emanação deste, considerado por muitos como uma deificação indiana de Alexandre, o Grande, da Macedónia, o que parece pouco plausível, no ponto de vista da mitologia hindu.
É pouco ou nada importante nas primeiras narrativas épicas indianas. É também conhecido como Skanda, Kumara ou Murugan, ou até Subramanya. A sua criação é algo estranha, tal como a de seu irmão Genesa (ou Ganessa, ou Ganesha), tendo-se criado um conjunto de suposições mitológicas e osmoses com outras figuras, como a de Alexandre atrás referida. A mais corrente é a de que, tendo um Asura (espécie de monstruosidade) perseguido os richis, estes pediram ajuda a Shiva para que os defendesse e ajudasse. Shiva abriu então o seu terceiro olho, tendo de seguida olhado para o fundo do lago Saravana, do qual saíram seis crianças, que depois foram amamentadas pelas mulheres de seis richis. Estas mulheres foram depois transformadas em estrelas, as Plêiades. Parvati, filha, mãe, irmã e esposa de Shiva, quis então abraçar as crianças, tendo-as apertado tanto que elas ficaram unidas num só corpo, mas com seis cabeças, um ser, portanto, monstruoso. Este ser foi o destruidor então de Asura.
Kartikeia é por isso um deus guerreiro, o comandante das hostes armadas de Shiva, montando num pavão que leva, por sua vez, uma serpente no bico.
Como referenciar: Kartikeia in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-20 22:54:21]. Disponível na Internet: