lei de Pascal

A lei de Pascal, também conhecida por princípio de Pascal, foi formulada em 1653 pelo matemático, físico e filósofo francês Blaise Pascal.
Segundo esta lei a pressão aplicada a um fluído fechado num recipiente transmite-se uniformemente em todas as direções. Num fluído estático, a força é transmitida à velocidade do som ao longo do fluído, e esta força atua perpendicularmente a qualquer superfície interior, ou que contenha o fluído.
A lei da Pascal é uma consequência imediata da equação fundamental da hidrostática e é utilizada na prensa hidráulica, nos pneus e em dispositivos semelhantes. A utilização da lei de Pascal na prensa hidráulica tem a grande vantagem de permitir transformar forças pequenas noutras muito maiores.
Supondo um dispositivo formado por um recipiente que contém dois êmbolos, um com uma superfície pequena e outro com uma superfície muito maior. Quando se exerce uma força sobre o êmbolo de pequena superfície produz-se em todo o líquido uma pressão de igual valor que faz com que sobre o êmbolo de maior superfície atue para cima uma força muito maior do que aquela que se exerceu para baixo sobre o êmbolo de superfície pequena.
Se a relação entre a área das superfícies mencionadas for de 1:100, é possível, produzir com uma força de 10 N (Newton) aplicada ao êmbolo pequeno, uma força de 1000 N (Newton) no caso do grande.
Como referenciar: lei de Pascal in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-06 11:06:03]. Disponível na Internet: