lei fundamental da dinâmica

A lei fundamental da dinâmica descreve o comportamento de um corpo quando sobre ele atua uma força constante ou um sistema de forças cujo resultante é diferente de zero.
É uma das leis mais importantes da física e dela derivam todas as outras leis da mecânica.
Segundo a lei fundamental da dinâmica quanto maior for a força que atua sobre um corpo, maior será a variação da velocidade experimentada por ele, num dado intervalo de tempo. Assim, a resultante das forças que atuam sobre o corpo está diretamente relacionada com a aceleração que ele adquire, uma vez que a aceleração é definida como o quociente entre a variação da velocidade e o intervalo de tempo.
A lei fundamental da dinâmica afirma que a aceleração adquirida por um corpo é diretamente proporcional à intensidade da força resultante que atua sobre o corpo, apresentando a mesma direção e sentido dessa força e é inversamente proporcional à sua massa.
Sendo a resultante das forças aplicadas e a aceleração diretamente proporcionais, o gráfico que as relaciona será um segmento de reta que passa pela origem dos eixos coordenados.
A constante de proporcionalidade da relação entre a resultante das forças aplicadas e a aceleração é massa inercial, ou mais simplesmente designada por massa.
A expressão matemática que traduz a lei fundamental da dinâmica é dada por:
FR = m ´ a, onde FR é a força resultante aplicada, m a massa do corpo e a aceleração adquirida pelo corpo.
A unidade de força do Sistema Internacional de Unidades (S.I.) é o newton, cujo símbolo é N. Um newton representa a intensidade da força que é capaz de imprimir uma aceleração de um metro por segundo quadrado, na mesma direção e sentido da força, a um corpo de massa um quilograma.
Quando se aplica a mesma força a corpos com massas diferentes, a aceleração é tanto maior quanto menor for a massa do corpo.
Como referenciar: lei fundamental da dinâmica in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-12-01 18:48:08]. Disponível na Internet: