Leónidas II

Rei Ágida de Esparta, morreu em 235 (ou 236) a. C. Reinou por duas vezes, a primeira entre 254 e 242 a. C., sucedendo a Areu II, e a segunda entre 241 e 236 a. C., sucedendo a Cleombroto II (242-241 a. C.). Era filho de Cleónimo, foi tutor de Areu II, tendo-lhe sucedido no trono espartano à data de sua morte, em 254 a. C.
Leónidas II opôs-se às reformas sociais tentadas por Ágis IV (244-241), rei de Esparta da casa dos Euripôntidas (que governavam em simultâneo com os Ágidas). Na sequência desta oposição, urdiu-se contra si uma série de acusações que o viriam a depor do trono em 242 a. C e a empurrar para um exílio em Tegéia, sucedendo-lhe no trono, pelos Ágidas, o seu genro Cleombroto II. Um ano depois, sensivelmente, regressa a Esparta e derruba todos os seus antigos adversários que o depuseram, tarefa concluída em 240 a. C., estando já novamente no trono (daí surgirem cronologias que o intitulam Leónidas III). Morreu alguns anos depois, em 236 (ou 235) a. C., tendo-lhe sucedido seu filho primogénito Cleómenes III (236/35-227 a. C.).

Como referenciar: Leónidas II in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-11 14:57:00]. Disponível na Internet: