Leónidas

Rei de Esparta, da casa dos Ágidas, morreu na célebre batalha das Termópilas, em 480 a. C., contra os Persas. Reinou em Esparta entre 490 e 480 a. C. Era filho de Anaxândridas II (que reinou entre 560 e 520 a. C.) e sucedeu a seu meio-irmão Cleómenes I (reinante entre 520 e 490 a. C.), a quando da morte deste (520 a. C.), tendo-lhe desposado a sua única filha, Gorgos. A tradição antiga, a partir dos poemas de Simónidas (poeta lírico contemporâneo de Leónidas), exaltou Leónidas pela sua corajosa e infatigável defesa do desfiladeiro das Termópilas face ao avanço persa, em 480 a. C. Ali, com a sua guarda real, composta de 300 espartanos escolhidos "a dedo", e com cerca de 7 000 hoplitas, conseguiu resistir heroicamente durante dois dias aos assaltos dos persas de Xerxes. Mas depois dos seus aliados da Fócia terem cedido, mandou recuar o grosso do seu exército, combatendo apenas com a sua guarda de 300 soldados de élite, até sucumbirem todos, inclusivé o próprio Leónidas. Sucedeu-lhe no trono de Esparta o ainda jovem filho Plistarco, mas sob a tutela do tio, Cleombroto.
Como referenciar: Leónidas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-06 06:20:08]. Disponível na Internet: