licopódio

Designação comum de plantas da família das Licopodiáceas e do género Lycopodium.
Os licopódios reproduzem-se por esporos, produzidos em esporângios localizados na superfície de folhas especializadas - esporófilos, que se agrupam em estróbilos ou cones. A germinação dos esporos origina gametófitos bissexuados, são estruturas micorrízicas subterrâneas não fotossintetizantes onde se desenvolvem os anterídios e arquegónios. Nos licopódios a fecundação está dependente da água.
O licopódio vulgar Lycopodium clavatum apresenta caule prostrado, com ramos ascendentes. As folhas dispõem-se em espiral ou são verticiladas, achatadas, lineares a lanceoladas. Os esporófilos são diferentes das outras folhas, largamente ovados e largamente lanceolados de margens escariosas e denticuladas. Os estróbilos são sésseis ou pedunculados, normalmente dois ou três no mesmo pedúnculo bracteado. Os esporângios abrem no ápice.
Os licopódios L. clavatum surgem em Portugal na Serra da Estrela, até à altitude de dois mil e quinhentos metros de altura. Vivem ainda em Portugal o Lycopodium cernuum, comummente designado por licopódio-comum, que se encontra na Serra de Valongo, e o Lycopodium inundatum, vulgarmente conhecido por licopódio-dos-brejos, que se encontra nos sítios húmidos no Alto Minho.
Como referenciar: licopódio in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-18 01:37:52]. Disponível na Internet: