lince

Designação dos mamíferos carnívoros da família dos Felídeos de que são conhecidas diversas espécies, todos com pincel de pelos nas orelhas. Na Europa existe o lince europeu (Lynx lynx) que se distribui pela Escandinávia, Cárpatos e Europa Oriental. Em Portugal e Espanha está representado pela subespécie (Lynx lynx pardallus), designada lince mediterrânico ou ibérico. Na América existem os Lynce canadensis e Lynx rufus.
O lince tem atividade vespertina ou noturna, embora percorra o seu território durante o dia. É bom trepador e um animal solitário, exceto na época do cio. O seu corpo tem um comprimento que oscila entre os 80 e 110 centímetros e uma cauda muito curta de 15 a 25 centímetros de comprimento. O seu peso oscila entre os doze e os vinte quilos. A pelagem é de cor cinzento-amarelada ou pardo-avermelhada. Apresenta manchas escuras que podem ser muito pronunciadas ou mais pálidas. Alimenta-se de mamíferos, desde ratos até crias de veado, preferindo no entanto lebres e corços. Por vezes também come aves. A época de acasalamento é em fevereiro e março, com uma gestação de 10 semanas de que resultam duas a quatro crias. Os recém-nascidos são cegos e surdos, com uma camada de pelos fina. Permanecem com a mãe durante um ano.

O lince-ibérico é mais pequeno e está em vias de extinção.
Como referenciar: lince in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 13:38:57]. Disponível na Internet: