Lou Reed

Cantor norte-americano, Louis Firbank nasceu a 2 de março de 1942, em Long Island, Nova Iorque, e faleceu a 27 de outubro de 2013. Começou por estudar poesia e jornalismo na Universidade de Syracuse. No entanto, é com o regresso a Nova Iorque que dá início à carreira musical, associado a um projeto musical modesto, os Warlocks, em colaboração com uma pequena editora, a Pickwick Records. Este projeto não lhe trouxe notoriedade mas permitiu-lhe o contacto com alguns dos membros que fundaram os The Velvet Underground em 1966. Embora não imediatamente reconhecidos, os Velvet foram um caso de sucesso a posteriori, quer pelo experimentalismo que imprimiram nas suas criações, quer pela inovação nas letras, muito pelo contributo do próprio Reed. O grupo foi dissolvido em 1970 e deixou um legado de temas reconhecidos e de sucesso, de entre os quais se destacam "Heroin" , "Sweet Jane" e "Venus in Furs". A porta estava aberta para Reed seguir carreira a solo. Dos primeiros registos, destaca-se o álbum Transformer (1972), produzido por David Bowie, que inclui o seu tema mais popular "Walk On The Wild Side". Os trabalhos seguintes marcam uma viragem artística distinguida pela controvérsia, a peleja constante com a crítica e a inconsistência estilística. A natureza depressiva, a conotação com as drogas, a abordagem de temas polémicos levam a que seja associado ao movimento glam-rock. O longa duração Berlin (1973) e os subsequentes Sally Can't Dance (1974) e Metal Machine Music (75) são editados sob esse ambiente e acompanhados por uma radical mudança de visual de Reed, uma demarcação do estilo low-profile para assumir uma postura mais alucinada, de cabelo aloirado, unhas coloridas e simulação de injeção de drogas em palco. Seguem-se lançamentos de pouca expressão e o registo ao vivo de 1978 Take No Prisoners é o último assomo de confrontação com público e crítica, revelando algum desnorte do compositor, que se limitou a um monólogo durante grande parte do espetáculo. O final da década de 70 assinala o regresso a trabalhos mais próximos da sonoridade dos The Velvet Underground, mas ainda não bem acolhidos pela crítica. The Bells (1979), com a colaboração do trompetista Don Cherry, The Blue Mask (1982) e New Sensations (1984) são os trabalhos mais bem conseguidos nesta fase. A relação de Lou Reed com a crítica só é pacificada em 1989 com a edição de New York (1989), vulgarmente considerado a melhor edição a solo do compositor. Esta fase positiva prolonga-se no trabalho Songs for Drella (1990), uma homenagem em disco e ao vivo a Dandy Warhol, a que também se associa John Cale, outro dos membros fundadores dos The Velvet Underground. Este trabalho com Cale serviu de pretexto para a reunião da banda, em 1993, e para uma digressão europeia que nunca chegou aos EUA. As reações negativas da crítica ao regresso da banda ícone do final dos anos 60 e a relação conflituosa entre os seus membros levaram a nova dissolução do projeto. O falecimento do guitarrista Sterling Morrison em 1995 colocou um ponto final definitivo no projeto. Na segunda metade da década de 90, Lou Reed envolve-se em atividades paralelas à criação musical, participando em alguns filmes como ator e compondo música e letra da ópera Timerocker (1996), de Robert Wilson. Esta colaboração com Wilson estende-se ao ano de 2001 e ao espetáculo POE-try, com músicas de Reed e letras adaptadas dos textos de Edgar Allen Poe. A carreira musical prosseguiu com alguns discos de sucesso moderado, por exemplo, Set The Twilight Reeling (supostamente sobre a relação de Reed com Laurie Anderson), Perfect Night: Live in London (1998, registo acústico) e Ecstasy (2000). O trabalho The Raven (2003) revela a influência das obsessões de Poe e inclui participações de prestígio como David Bowie, The Blind Boys of Alabama, Ornette Coleman e Laurie Anderson.
No ano seguinte, é editado Animal Serenade, um registo ao vivo muito bem acolhido pela crítica e que guardou momentos da digressão do álbum The Raven.
Como referenciar: Lou Reed in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-15 10:52:13]. Disponível na Internet: