Louis B. Mayer

Produtor de cinema e magnata norte-americano, Louis Burt Mayer nasceu a 4 de julho de 1885, em Dymer, Minsk, na atual Bielorrússia, com o nome de batismo Eliezer Mayer. Ainda criança, aos 3 anos, emigrou com os pais para o Canadá. Depois de concluir a escola primária, passou a trabalhar com o pai no lucrativo negócio de sucata. Mudou-se depois para Boston, nos Estados Unidos da América, e montou o seu próprio negócio de sucata. Três anos depois, comprou um pequeno auditório em Haverhill, no estado de Massachusetts, e em poucos anos já era dono da maior cadeia de cinemas na região de Nova Inglaterra. A partir de 1914 passou a dedicar-se também à distribuição de filmes, tendo feito um grande lucro com a película de David Griffith The Birth of a Nation (O Nascimento de Uma Nação, 1914). Em 1916 mudou-se para Hollywood, em Los Angeles, onde dois anos depois fundou a sua própria companhia de produção de cinema, a Louis B. Mayer Pictures Corporation. Após várias fusões, em 1924 passou a chamar-se MGM (Metro-Goldwyn-Mayer), uma das mais poderosas da História da Sétima Arte. Nesse mesmo ano, tornou-se diretor de produção, tendo descoberto e lançado muitos atores, produtores, argumentistas e realizadores. Por exemplo, em 1925 contratou a atriz Greta Garbo. Um dos primeiros grandes sucessos da MGM foi Ben-Hur, de 1926, realizado por Fred Niblo.
Em 1927, Louis B. Mayer foi o principal impulsionador da fundação da Academia das Artes e Ciências do Cinema, responsável pela atribuição dos Óscares.
Nas décadas de 30 e 40, a MGM foi a produtora que ditou as leis nas tendências do cinema, lançando filmes a uma cadência semanal e empregando para isso centenas de artistas. A MGM ostentava o lema "Mais estrelas do que há no céu", à custa de nomes como Judy Garland, Clark Gable, Joan Crawford, Elizabeth Taylor, Greta Garbo e Katharine Hepburn. Mayer esteve em funções até 1951, sempre seguindo a máxima de fazer filmes decentes e úteis para os americanos. Em 1950 recebeu um Óscar Honorário pelos notáveis serviços prestados à indústria do cinema, o que não impediu que, no ano seguinte, fosse afastado da MGM por um antigo assistente.
Louis B. Mayer morreu a 29 de outubro de 1957, em Los Angeles.
Como referenciar: Louis B. Mayer in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-01-25 20:58:45]. Disponível na Internet: