Louis Kahn

Arquiteto norte-americano, de nome completo Louis Isadore Kahn, nascido em 1901, em Osel, na Estónia, e falecido em 1974, em Nova Iorque. Formou-se em arquitetura pela Universidade de Pennsylvania em 1924 partindo de seguida para a Europa para estudar a arquitetura local acabando por contactar com as vanguardas da época.
Nas décadas de 20 e 30 e 40 trabalhou em várias firmas de arquitetura de Filadélfia ou para o estado mas sem que o seu trabalho fosse reconhecido.
Em 1948 inicia atividade por conta própria começando a desenvolver uma obra ímpar, de características muito pessoais, marcando a transição da arquitetura do Movimento Moderno para as correntes que lhe seguiram.
O seu primeiro edifício notável foi o Centro de Arte Universitário de Yale (1951-54), onde começa a definir o seu estilo pessoal. Entre 1960 e 1965 realiza em filadélfia o Centro Médico Richards.
Adquirindo uma grande projeção internacional começa a desenvolver edifícios importantes para diversos países entre os quais o Parlamento do Bangladesh (1963-74).
A sua obra caracteriza-se por combinações de formas geométricas puras, por vezes inspirando-se na arquitetura clássica ou medieval, e uma utilização expressiva dos materiais no seu estado bruto, combinando por exemplo o betão com o tijolo ou a madeira.
Kahn também foi professor nas Universidades de Yale e da Pennsylvania tendo produzido bastante obra teórica.
Em 1971 foi agraciado com a medalha de Ouro da AIA (American Institute of Architects) e em 1972 com a Medalha de Ouro do RIBA (Royal Institute of British Architects).
Como referenciar: Louis Kahn in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-03-06 04:45:47]. Disponível na Internet: