Artigos de apoio

Lourinhã

Aspetos Geográficos
O concelho de Lourinhã, do distrito de Lisboa, localiza-se na Região Centro (NUT II) e no Oeste (NUT III). Encontra-se a cerca de 60 km a norte da capital. O concelho da Lourinhã faz parte da Região de Turismo do Oeste, no extremo Sul da designada Costa de Prata.
O concelho é limitado pelo concelho de Torres Vedras a sul, Bombarral a este, Peniche e Óbidos a norte e é banhado a oeste pelo Oceano Atlântico.
Lourinhã ocupa uma área de 146,8 km2 (cerca de 20 km são constituídos por uma orla marítima), na qual se distribuem 11 freguesias: Atalaia, Lourinhã, Marteleira, Miragaia, Moita dos Ferreiros, Moledo, Reguengo Grande, Ribamar, Santa Bárbara, São Bartolomeu dos Galegos e Vimeiro.
Em 2005, o concelho apresentava 24 282 habitantes.
O natural ou habitante de Lourinhã denomina-se lourinhanense.
No extremo sul do concelho situa-se a povoação do Vimieiro onde existem umas termas. No litoral, das praias existentes, destaca-se a da Areia Branca.

História e Monumentos
Do vasto património arquitetónico existente no concelho destaca-se o Forte de Paimogo (século XVII), o Monumento da Batalha do Vimeiro (inaugurado em 21 de agosto de 1908), a Igreja de Santa Maria do Castelo (século XIV), a Igreja Matriz (século XIV), a Igreja da Misericórdia (século XVII) com uma porta manuelina, o Convento e a Igreja de Santo António (século XVII) e a Igreja de Nossa Senhora da Anunciação.
O museu municipal é outro lugar interessante para visitar.

Tradições, Lendas e Curiosidades
Realizam-se várias festas no concelho, como: Nossa Senhora da Guia (30 de agosto a 4 de setembro) na Atalaia; Nossa Senhora de Monserrate (4 a 8 de outubro) em Ribamar; S. Miguel (28 e 29 de setembro) em Vimeiro; Santa Ana (10 a 14 de agosto) em Miragaia; S. Domingos (10 a 16 de agosto) em Reguengo Grande; S. Sebastião (23 a 27 de agosto) na Marteleira; Santa Maria (1 a 4 de fevereiro) e Nossa Senhora de Fátima (13 de maio) em São Bartolomeu de Galegos, a Festa do Mar (26 de julho a 4 de agosto) em Santa Bárbara e a Festa dos Velhos (17 de novembro) na Atalaia.
O feriado municipal ocorre a 24 de junho.
Também existem no concelho, e em atividade, algumas bandas musicais e alguns ranchos folclóricos que alegram e animam as diversas festas.
No artesanato destaca-se a pintura em madeira, barro, azulejo e cerâmica, a renda de bilros, os trabalhos em trapos, os tapetes de Arraiolos e a cestaria.

Economia
Uma das atividades económicas mais importantes no concelho é o turismo onde as termas e as praias atraem muitos visitantes. Ao mar associa-se a caça submarina, o windsurf, a pesca desportiva, os desportos aquáticos e os famosos pratos de peixe e marisco.
A agropecuária é outra atividade importante na economia, destacando-se as leguminosas, a vinha, os cereais, as frutas, a criação de porcos e frangos.
A indústria está muito ligada a atividades tradicionais, como a destilação de aguardentes, a produção de vinho, a moagem e o fabrico de tijolos e telhas.
Como referenciar: Lourinhã in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-04-27 08:20:49]. Disponível na Internet: