Manchester United

O clube inglês de futebol Manchester United FC foi fundado em 1878, na altura com a designação de Newton Heath, equipa constituída por um grupo de ferroviários. Na altura, a equipa dedicava-se apenas a participar em jogos contra outras formações de ferroviários e não se considerava com qualidade suficiente para ser uma das fundadoras da liga nacional em 1888. Só quatro anos depois, em 1892, o Newton Heath resolveu entrar na Liga inglesa.
No entanto, o clube foi afetado por graves problemas financeiros no início do século XX e esteve perto da extinção, depois de já ter baixado à II Divisão. Acabou por ser salvo pelo dono de uma cervejeira, que investiu no clube. A equipa acabou por mudar de nome e entre abril e maio de 1902 passou a designar-se Manchester United.
Em 1906, o Manchester venceu o campeonato da II Divisão e ascendeu à I Liga. Foi então contratado o galês Billy Meredith aos rivais do Manchester City. Este, a par do goleador Sandy Turnbull, foi o grande responsável pela primeira vitória do Manchester no campeonato inglês em 1907/1908. Nesse mesmo ano, o clube ganhou o primeiro Charity Shield ao bater na final o Queens Park Rangers por 4-0. Já em 1909 venceu pela primeira vez a taça inglesa, ao bater o Bristol City por 1-0. Em 1910 foi inaugurado o estádio Old Trafford, que ainda hoje, após várias remodelações, é utilizado pelo clube. O jogo de inauguração, a 19 de fevereiro desse ano, frente ao Liverpool, contou com a presença de 80 mil espectadores. O Liverpool ganhou por 4-3.
Em 1911 o Manchester voltou a ganhar o campeonato, mas depois passou por um interregno de mais de 40 anos e só voltou aos títulos em 1951/52.
Em 1956 voltou a conquistar o título, desta vez com uma equipa constituída por jovens jogadores, e, no ano seguinte, participou a convite na Taça dos Campeões Europeus. Logo na primeira participação, em 1956/1957, a equipa inglesa chegou às meias-finais onde perdeu com o Real Madrid, mas voltou a ganhar o campeonato inglês. No ano seguinte, voltou participar na Taça dos Campeões Europeus. Mas, a 6 de fevereiro de 1958, quando regressava a Inglaterra depois de ter jogado em Belgrado, na Jugoslávia, a equipa foi vítima de um acidente de aviação. Após o reabastecimento do aparelho em Munique, na Alemanha, o avião, na terceira tentativa de levantar voo no meio de intenso nevão, sofreu um problema mecânico e colidiu com uma casa. Entre as 33 vítimas mortais, estavam sete jogadores do Manchester United.
A equipa teve de ser reconstruída e só em 1963 voltou aos títulos, com a vitória na Taça de Inglaterra. Em 1964/65 foi ganho o campeonato, assim como em 66/67. Na temporada posterior conquistou a sua primeira Taça dos Campeões após bater o Benfica por 4-1 no prolongamento. Ao comando da equipa vencedora estava Matt Busby e no onze brilhava Bobby Charlton, ambos sobreviventes do acidente de 1958. Também lá estava George Best um dos melhores jogadores ingleses de sempre.
Entretanto, o Manchester entrou num período de declínio que o levou à descida de divisão em 1974, embora tenha regressado logo em 1975.
A recuperação do Manchester começou a dar-se em 1986, quando chegou ao clube o treinador escocês Alex Ferguson. Após um período inicial pouco frutuoso, deu-se a conquista da Taça de Inglaterra em 1990. No ano seguinte, aconteceu a vitória na Taça dos Vencedores das Taças, com um triunfo sobre o Barcelona, de Espanha, por 2-1. Mark Hughes marcou os dois golos de uma equipa onde também se destacava Paul Ince.
Na década de 90, o Manchester tornou-se num dos clubes mais ricos e poderosos do mundo. Na equipa brilhava o polémico e problemático francês Eric Cantona, principal figura das vitórias nos campeonatos de 93, 94, 96 e 97. Em 1995 esteve suspenso grande parte da temporada e o título foi perdido.
Mas foi já sem Cantona que o Manchester United fez a época mais gloriosa do seu historial, em 1998/99. Nesse ano, ganhou o campeonato e a Taça de Inglaterra, mas principalmente a Liga do Campeões, após uma final emotiva. Apesar de estar a perder por 1-0 a poucos minutos do fim, frente aos alemães do Bayern de Munique, o Manchester deu a volta ao marcador e ganhou 2-1. Na equipa, ainda treinada por Ferguson, brilhavam o guarda-redes Schmeichel e jogadores como Beckham e Giggs.
Nas duas temporadas seguintes o Manchester voltou a triunfar no campeonato.
Em 2002/2003, o treinador português Carlos Queiroz foi adjunto de Ferguson na conquista de mais um título, mas quando se falava na possibilidade de tomar o lugar do escocês no banco, foi contratado para treinar o Real Madrid.
O Manchester continuou a ser uma equipa recheada de estrelas como o avançado holandês Ruud Van Nistelrooy e o português Cristiano Ronaldo, contratado ao Sporting no verão de 2003.
Como referenciar: Manchester United in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-02-28 14:45:18]. Disponível na Internet: