Manuel da Bouça

Personagem da obra Emigrantes (1928) de Ferreira de Castro. Manuel da Bouça é o tipo de camponês que, na ânsia de ganhar fortuna, emigra para o Brasil, deixando a família e hipotecando as terras para pagar uma passagem para uma vida melhor. O romance descreve com detalhe todas as etapas da sua viagem (Oliveira de Azeméis, Lisboa, Rio, Santos, a fazenda Santa Efigénia, S. Paulo, até ao desembarque de novo em Lisboa), correspondentes aos sucessivos estádios da sua desilusão. Ao constatar que no Novo Mundo encontrou ainda mais miséria do que deixara, a sua degradação moral culminaria com o furto das joias de um cadáver para obter o dinheiro necessário para comprar o bilhete de regresso.
Como referenciar: Manuel da Bouça in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-22 19:48:24]. Disponível na Internet: