Marcel Rochas

Costureiro francês, Marcel Rochas nasceu em 1902, em França, e faleceu em 1955. Com apenas 23 anos, montou o seu próprio negócio de costura em Paris, ao abrir um estabelecimento em Faubourg St-Honore. Rapidamente, se tornou um dos líderes da moda parisiense, mas foi já na década de 30 que se impôs definitivamente como um dos mais conceituados criadores a nível mundial. Rochas preferia fazer roupa para jovens e, assim, nos anos 30 lançou os primeiros fatos de calça e casaco para senhora. No entanto, Rochas ficou conhecido como um mestre dos efeitos dramáticos, pois por norma optava por um estilo mais ornamentado e sumptuoso. Acima de tudo pretendia exaltar o lado feminino das mulheres, numa época em que estas começavam a ter um estilo mais masculino. Para tal, inspirava-se na sua esposa Hélène.
Rochas criou um código de elegância que levou à moda um novo tipo de mulher, mais confiante, contemporâneo e subtil. Foi, entre outras coisas, o criador dos ombros largos e dos bolsos aplicados sobre as saias. A nível de material, Marcel Rochas privilegiava os tecidos nobres e finos, as sedas, as rendas e as peles. Mas o nome Rochas ficou também perpetuado pelos perfumes, tendo o primeiro surgido em 1936. Tal como as peças de vestuário também as suas essências eram sensuais. No entanto, devido ao início da Segunda Guerra Mundial, o negócio dos perfumes teve de parar porque não havia matérias-primas para elaborar as essências. De qualquer forma, em 1944, Rochas elaborou um perfume a que chamou "Femme", destinado a ser oferecido à esposa por ocasião do aniversário. Era um perfume quente e sensual que conquistou o título de melhor fragrância do Mundo nesse ano. Após a guerra, juntou-se a Albert Gosset e juntos lançaram os perfumes da marca Marcel Rochas. Entretanto, a casa francesa passou a contar a partir de 1949 com uma linha de fragrâncias clássica e sofisticada, chamada "Moustache" dedicada apenas a homens.
Após a morte do costureiro, o negócio passou a ser dirigido pela sua esposa Hélène Rochas. Logo nesse ano, apareceram os primeiros frascos de perfumes com atomizadores. Em 1959, surgiu o bem sucedido "Madame Rochas" a que se seguiu "Eau de Rochas" em 1970.
Em 1990, numa altura em que o nome Rochas já era mais associado a perfumes, a casa regressou ao negócio do vestuário, através de coleções desenhadas pelo estilista irlandês Peter O'Brien.
Como referenciar: Marcel Rochas in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-03 18:56:00]. Disponível na Internet: