Marconi

A Marconi - Companhia de Telégrafo Sem Cabo foi fundada em Chelmsford, perto de Londres, em Inglaterra, a 20 de julho de 1897, por Guglielmo Marconi, um italiano nascido em Bolonha. A Marconi foi a primeira empresa do Mundo a operar comunicações telegráficas sem cabo e, hoje em dia, ainda sediada em Londres, é uma das maiores fornecedoras do Mundo de soluções tecnológicas para comunicações. O seu fundador, com apenas 20 anos, já estudava o trabalho de Heinrich Hertz sobre ondas hertzianas e começou a aplicá-las para transmitir e receber mensagens. Em finais de 1894, começou por fazer experiências dentro da casa da sua família, tentando sempre aumentar as distâncias até que, no verão de 1895, conseguiu fazer uma transmissão e uma receção com uma separação física de dois quilómetros. Em 1896, Marconi foi para Inglaterra para patentear o primeiro sistema de telégrafo através de ondas hertzianas e fez uma demonstração histórica da sua invenção, na presença de oficiais da Marinha e do Exército britânico. Já no ano seguinte, conseguiu pela primeira vez fazer uma transmissão sobre o Canal da Mancha. Foi então que decidiu fundar a sua companhia de comunicações, que ficou operacional em 1898. O principal propósito de Marconi no desenvolvimento de comunicações sem fio foi acabar com o isolamento de quem trabalhava em barcos no alto mar. Logo em 1899, a tripulação de um barco equipado com o sistema da Marconi foi salva de um naufrágio depois de ter sido emitido um pedido de socorro. Para além de, entretanto, ter contribuído para salvar muitas vidas, o papel da Marconi foi enaltecido por ocasião do naufrágio do Titanic, em 1912, já que graças a ele se resgataram muitos dos sobreviventes. Mas antes, em 1900, já tinha sido patenteado pela Marconi o "7777", sistema de transmissões simultâneas em diferentes frequências, o que permitia a incorporação de mais estações de comunicação sem que as mensagens de umas interferissem com as outras. A 12 de dezembro de 1901, a Marconi conseguiu realizar a primeira transmissão transatlântica ao estabelecer, após várias tentativas, comunicação entre Inglaterra e os Estados Unidos da América. Foi também graças à Marconi que decorreu, em junho de 1920, a primeira transmissão pública de rádio na Grã-Bretanha. Mais tarde, em 1934, a companhia envolveu-se no negócio da televisão em parceria com a EMI. A BBC recorreu ao sistema Marconi-EMI para lançar o serviço de televisão pública de alta definição, o primeiro do Mundo. Já antes, em 1932, a Marconi tinha feito a primeira ligação telefónica por micro-ondas, entre o Vaticano e a residência de férias do Papa, em Castel Gandolfo.
Guglielmo Marconi regressou a Itália em 1935, para morar em Roma, mas viria a morrer a 20 de julho de 1937. Em sua homenagem, a Marconi e as estações de transmissão sem cabo de todo o Mundo silenciaram-se por dois minutos. No ano da morte de Marconi, a sua companhia, por encomenda do Governo britânico, criou o primeiro sistema de radar de defesa aérea, aproveitando os estudos que o fundador vinha a realizar desde o princípio da década de 30. Atualmente, a Marconi está presente um pouco por todo o Mundo, em cerca de cem países, inclusivamente em Portugal, através de uma imensa rede de comunicações, seja sem fios, por satélite ou por cabo, nomeadamente cabos submarinos.
Como referenciar: Marconi in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-24 21:02:13]. Disponível na Internet: