Margarida Pinto Correia

Jornalista portuguesa, Margarida Pinto Correia nasceu a 30 de abril de 1966. Aos 16 anos viveu uma experiência no teatro, ao participar numa peça da Cornucópia, em Lisboa, e no cinema, ao entrar no filme Dois Mundos, de Luzia Maria Martins. Neste período, ainda estudou teatro nos Estados Unidos da América, mas, dois anos depois, com a ideia de fazer carreira diplomática como adida cultural, foi estudar Relações Internacionais. Após quatro anos de estudos, interrompeu o curso porque foi convidada a trabalhar no jornal semanário de espetáculos Sete, isto depois de já ter feito umas pequenas experiências a nível de rádio e de televisão. Acabou por se transferir para a Rádio Gest e, posteriormente, partiu para França, onde deu seguimento às suas experiências a nível radiofónico na La Maison de La Rádio e na Radio France International. Quando regressou a Portugal, entrou na recém-criada Correio da Manhã Rádio. Ao mesmo tempo, voltou à Radiotelevisão Portuguesa (RTP) para apresentar, em conjunto com Jorge Pego, o programa "ViváMúsica", que fazia a divulgação dos tops musicais.
Em 1989, Margarida Pinto Correia passou para o setor de informação da RTP, tendo começado pelo "Caderno Diário", um noticiário para o público mais novo, passando posteriormente a apresentar os noticiários da manhã. Manteve, entretanto, a ligação à rádio e ainda teve tempo para tirar um curso de jornalismo na Universidade de Columbia e na CNN, nos Estados Unidos da América. Deixou, em 1991, a RTP e ingressou na Rádio Comercial, onde esteve três anos, período durante o qual ainda teve outras duas experiências no cinema, ao participar nos filmes Lisboa Capital da Cultura 94, de Joaquim Leitão, e O Assassino da Voz Meiga de Artur Ribeiro.
Em 1995, deu-se o regresso à RTP com o magazine feminino Frou Frou, apresentado por si, mais três mulheres e uma boneca virtual. Para além disso, fez parte do elenco das peças de teatro, Woyzec e Cinco Mulheres Um Vestido.
Em 1999, assumiu a direção da revista mensal feminina Cosmopolitan, mas antes disso ainda apresentou no canal privado de televisão SIC o "Clube VIP" e na RTP "Férias de verão" e "Radar", um magazine semanal de cultura e espetáculos.
Como referenciar: Margarida Pinto Correia in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-12-14 00:32:20]. Disponível na Internet: