Artigos de apoio

Margarida Rebelo Pinto
Escritora portuguesa, nascida em 1965, em Lisboa, licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas pela Universidade Moderna e dedicou-se à atividade jornalística, colaborando com jornais como O Independente, Diário de Notícias e Semanário, em publicações como Sete, Marie Claire e Elle e com a RTP. Também se dedicou à docência, dando aulas de Técnicas de Expressão Escrita na Universidade Independente e foi Relações Públicas de uma empresa multinacional.
Desde cedo demonstrou um interesse particular pela escrita, tendo-se tornado autora de best-sellers.
A sua primeira obra publicada intitula-se Sei Lá e saiu do prelo em 1999. Foi um sucesso de vendas que lhe proporcionou o prémio literário Fnac (2000) e se tornou um best-seller. No mesmo ano lançou também a biografia do ator e apresentador Herman José, chamada Herman Superstar. A partir de então, outras obras foram publicadas, como Não há Coincidências (2000) - outro best-seller, As Crónicas de Margarida (2000) e Alma de Pássaro (2002), Vou Contar-te um Segredo (2006), entre outros. Em 2007 editou um livro infanto-juvenil intitulado A Rapariga Que Perdeu o Coração, com ilustrações de Carla Nazareth.
Enquadrada no recente género literário, chamado "literatura pop", do qual em parte foi também responsável, segundo afirma a própria escritora, a sua escrita é leve e de fácil leitura. É, por essa razão, considerada escrita "ultra-light".
Através das personagens, os seus livros refletem de forma subtil o nosso quotidiano, a sociedade em que vivemos, com os seus momentos de frustração e, ao mesmo tempo, de felicidade e de sonho.
Como referenciar: Margarida Rebelo Pinto in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-06-27 01:14:29]. Disponível na Internet: