Maria Eduarda

Personagem da obra Os Maias, de Eça de Queirós, filha de Maria Monforte e de Pedro da Maia, ignora totalmente as suas origens. Chega a Portugal como Mme. Castro Gomes, depois de um percurso de vida já atribulado, incluindo o casamento com um irlandês, do qual nasce Rosa. Em Lisboa, "loira, alta, esplêndida, vestida pela Laferrière, flor de uma civilização superior", depressa se destaca das restantes mulheres, fascinando Carlos, com quem acaba por envolver-se. Sensata, equilibrada, doce, imbuída de altos princípios morais, é vítima inconsciente do incesto, que enfrenta com dignidade. Depois do fim trágico do seu amor com Carlos, Maria Eduarda recolhe-se à província francesa, onde vem a desposar um nobre.
Como referenciar: Maria Eduarda in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-26 21:25:37]. Disponível na Internet: