Artigos de apoio

Mariana Rey Monteiro
Atriz portuguesa, nasceu a 28 de dezembro de 1922, em Lisboa, e faleceu a 20 de outubro de 2010. Filha de Amélia Rey Colaço e Robles Monteiro, desde cedo se sentiu atraída pelo teatro. Depois de alguns recitais de poesia feitos em Sevilha e em Lisboa, estreou-se no Teatro Nacional, em 1946, na peça Antígona, de Sófocles. Veio a representar papéis de destaque em inúmeras peças, merecendo grandes aplausos do público e elogiosas referências da crítica. Em 1962, pela sua prestação no filme Um Dia de Vida, recebeu o Óscar da Imprensa. Tem também feito trabalho para televisão, nomeadamente em séries como Gente Fina é Outra Coisa (1983), onde trabalhou ao lado da mãe e em telenovelas como Vila Faia (1983), onde desempenhou a personagem de Dona Ifigénia, Cinzas (1993), Vidas de Sal (1996) e Roseira Brava (1996). Em 1996, foi agraciada com o grau de Grande Oficial da Ordem de Sant'Iago da Espada.
Como referenciar: Mariana Rey Monteiro in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-07-24 14:07:32]. Disponível na Internet: