Marin Mersenne

Matemático francês, nascido em 1588 e falecido em 1648, foi monge da Ordem dos Mínimos. A sua cela em Paris foi o ponto de encontro daqueles que seriam o núcleo duro da Academia Francesa: Fermat, Pascal, Gassendi, Roberval e outros. Mais do que pelos seus trabalhos de investigação - tentou infrutiferamente encontrar uma fórmula que representasse todos os primos, mas obteve resultados importantes em teoria dos números -, a sua defesa de Descartes e Galileu contra as críticas teológicas, bem como a divulgação da obra deste último fora de Itália, granjearam-lhe um lugar na História da Matemática. Após a sua morte, foi encontrada na sua cela correspondência com 78 diferentes personalidades, como Fermat, Galileo, Torricelli e Huygens, a quem propôs a utilização do pêndulo como dispositivo de medida do tempo.
Como referenciar: Marin Mersenne in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-22 10:36:27]. Disponível na Internet: