Mario Capecchi

Cientista norte-americano, Mario Renato Capecchi nasceu em 1937, em Itália. Durante a Segunda Guerra Mundial, foi prisioneiro em Dachau, um campo de concentração nazi, e, mais tarde, optou pela a nacionalidade norte-americana. Estudou Química e Física e fez o doutoramento em Biofísica na Universidade de Harvard, em 1967. Dedicou-se ao estudo de células embrionárias, em ratos, tendo desenvolvido uma tecnologia para criar mutações em qualquer gene desses animais. Essa tecnologia permite escolher a mutação de determinado gene e manipular sequências de ADN no genoma de ratos vivos.
O estudo, a dedicação e o trabalho desenvolvido nessa área valeram-lhe o Prémio Nobel da Medicina e da Fisiologia em 2007, juntamente com Martin Evans e Oliver Smithies, pelo contributo que os seus estudos trazem no combate a doenças humanas graves, como o cancro.
Como referenciar: Porto Editora – Mario Capecchi na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-11-30 10:19:39]. Disponível em